sexta-feira, 12 de agosto de 2011

TESTEMUNHO VOCACIONAL



           Caríssimos amigos.

Sou Salesiano Pe. Vinicius Ricardo de Paula e gostaria de partilhar um pouco da minha historia vocacional.


Aos 11 anos de idade já estava no oratório São Domingos Sávio na cidade de Piquete onde nasci e cresci. Morei com minha família (Mãe - Maria Auxiliadora e Pai - Luis Carlos (falecido em 1994) participando do convívio deles até a entrada no seminário em Pindamonhangaba (em 02.02.1995).


Algo que eu gosto sempre se ressaltar, minha vocação não surgiu do nada. Minha vocação amadureceu na convivência sadia do oratório festivo. Fui coroinha, ajudante nas atividades do oratório, catequista, e realiza o que os salesianos deste tempo confiavam a mim. Realmente eu me senti muito amado. E no meio de todas estas atividades eu quis ser como esses salesianos eram, dedicados ao trabalho no meio dos jovens sendo sinal de Deus para eles.


Durante minha caminhada eu parei a vida do seminário durante um ano para aprofundar alguns pontos de minha caminhada e pude sentir realmente o apoio dos salesianos que me acompanharam. Retornei a são Carlos fazendo minha primeira profissão religiosa no dia 26.01.2002.


O conhecer Deus para bem anunciá-lo e o dever de todo cristão. Isto me motivava a querer ser de Deus. A teologia veio de encontro para esse conhecimento. Ordenei-me Diácono em são Jose dos campos em 05.12.2009 e fui morar em Campinas, na Obra Social São João Bosco (Vida Nova) onde trabalho ate hoje.


Pude perceber nestes anos de caminhada que o descobrir-se é um grande passo para ser feliz em sua caminhada vocacional. E nesta descoberta encontramos falhas que são dolorosas para serem corrigidas e com o auxilio de Deus conseguimos concertar. Por este motivo escolhi como lema sacerdotal Jeremias 18, 6b: “como o barro nas mãos do oleiro, estou em suas mãos Senhor” (Jr 18, 6b). O barro por natureza tem muita impureza, e se o oleiro não retirar as impurezas antes de criar o vaso, ele pode quebrar durante a construção. Realmente é assim que se sinto. Nas mãos de Deus sinto forte, mas sozinho me sinto fraco por causa das impurezas que existem nesta argila. E no dia 04.09.2010 foi ordenado sacerdote pelas mãos de D. Hilário Moser na quadra do Oratório São Domingos Sávio de Piquete, onde tudo começou em minha vida.


Todos recebemos muitos dons de Deus para colocarmos a serviço do próximo. Eu fortaleço em mim o dom da musica através do canto. Sinto esse um grande canal que demonstra o amor de Deus por mim.


E você caríssimo, já pesou em sua vocação? Abra a cada dia seu coração a Jesus Cristo e pergunte a Ele o que quer que você faça para propagar o seu reino de amor. Peço a Mãe Auxiliadora que continue abençoando nossa congregação, pois ela me ensinou a ser bom e trilhar os caminhos de Jesus Cristo do jeito e do modo de Dom Bosco.





Pe. Vinicius Ricardo de Paula, sdb

sábado, 6 de agosto de 2011

terça-feira, 28 de junho de 2011

segunda-feira, 27 de junho de 2011

Flash da III Taça USC - Um só corpo



Pessoal, aconteceu nesse final de semana, em São Carlos, a III Taça USC (Um só corpo), reunindo diversos grupos de jovens da cidade. Muito bom. Com a graça de Deus deu muito certo e já estamos nos preparando para a IV taça que acontece no segundo semestre.
Estamos começando na área de gravação com vídeo, portanto, não estranhem os erros.

quarta-feira, 22 de junho de 2011




Sou da cidade de Jaú, interior de São Paulo, segundo filho de Luzia e Pedro. Minha comunidade de origem é Nossa Senhora Auxiliadora, onde até 2007 ajudei como catequista e como parte da coordenação de jovens. Pude vivenciar a experiência de trabalho numa fábrica de calçados, atividade comum na minha cidade. Aos 17 anos entrei para o seminário da diocese de São Carlos, no Propedêutico, em Jaú para uma primeira experiência, éramos nesse ano 14 jovens. Nesse primeiro momento de resposta vocacional via que Deus colocava em minha vida irmãos que seriam auxilio fraterno nos momentos de sofrimento e de alegria ao longo da minha história.
Depois em 2008 ingressei no seminário Maior João Paulo II, na cidade de São Carlos, lá fiquei durante três anos cursando filosofia no Instituto de Filosofia Santo Tomás de Aquino. Nesse tempo pude perceber que Deus me moldava, bem como, oferecia-me condições para dar razões àquilo que eu acreditava, minha fé crescia ao passo que eu me abria para discernir qual era o chamado de Deus na minha vida.
Durante todo esse período formativo sempre me dediquei muito ao trabalho com a juventude, passei por diversas paróquias e em todas o rosto jovem de Deus estava lá, expresso e presente nos rostos dos inúmeros jovens daquela comunidade.
Sempre quis ser palhaço, cheguei até a querer ir embora com o circo, não fui é claro, mas aprendi a fazer mágicas quando adolescente, e em 2008, para poder falar mais de perto com os jovens da paróquia em que eu trabalhava, bem como para conquistá-los, comecei um projeto de evangelização com as mágicas, esse projeto se transformou em programa e o Portal diocesano da diocese de São Carlos gravou vídeos com o nome de Evangelicando.  Não pude ser palhaço, mas hoje levo alegria a muitos corações e sou feliz por isso. Atualmente moro na cidade de Campinas e curso o primeiro ano de Teologia na PUC Campinas. Nesses quatro anos de seminário, aprendi que vale a pena se doar pelo Reino e que vocação é sinônimo de felicidade, quando você descobre qual o chamado de Deus em sua vida, você é feliz, seja no matrimônio, no sacerdócio, ou no celibato.
Tenho 22 dois anos, não vivi tanto assim, mas tenho bastante coisa da vida pra contar. Paro por aqui, mas será um prazer falar com você, caro leitor, estimada leitora, e conhecer também sua vida, sua vocação, bem como partilhar um pouco mais da minha. Deus abençoe a todos! Foi um prazer partilhar um pouquinho de minha vocação com vocês e fica aí o convite: vamos juntos trabalhar por um Reino de amor! Coragem!

Robson Luiz C. de Camargo

Blog: www.robinhocaramano.blogspot.com

Twitter: @robinhocaramano

segunda-feira, 20 de junho de 2011


Corpus Christi é uma festa ao Corpo de Cristo. É uma data adotada na Igreja Católica, para comemorar a presença real de Jesus Cristo no sacramento da Eucaristia, pela mudança da substância do pão e do vinho na de seu corpo e de seu sangue (O Catolicismo declara que a hóstia, torna-se literalmente em Carne e Sangue do Senhor Jesus). http://www.vivos.com.br/157.htm
A eucaristia é um sacrifício de ação de graças ao Pai, uma benção pela qual a Igreja exprime seu reconhecimento a Deus todo poderoso por todos os seus benefícios, por tudo o que ele realizou por meio da criação, da redenção e da santificaçaõ. Eucaristia significa, primeiramente, 'ação de graças'. CIC 1360.
A Eucaristia é também o sacrifício da Igreja. A Igreja, que é o corpo de Cristo, participa da oferta de sua Cabeça. Com Cristo, ela mesma é oferecida inteira. Ela se une à sua intercessão junto ao Pai por todos os homens. Na Eucaristia, o sacrifício de Cristo se torna também o sacrifício dos membros do seu Corpo. A vida dos fiéis, seu louvor, seu sofrimento, sua oração, seu trabalho são unidos aos de Cristo e à sua oferenda total, e adquirem assim um valor novo. O sacrifício de Cristo, presente sobre o altar, dá a todas as gerações de cristãos a possibilidade de estarem unidos á sua oferta. CIC 1368
Espero que todos tenham uma excelente semana de Corpus Christi. Nunca é tarde para buscar novos conhecimentos. Meus irmãos, pesquisem, leiam, não deixem de aprender. E, nunca se esqueçam, não basta só saber, é preciso rezar e agradecer tudo aquilo que se conquista.  

Fábio Aurélio de Moraes.